Para saber é preciso saborear!

Para saber é preciso saborear!

sábado, 7 de fevereiro de 2015

TORTA DE LIQUIDIFICADOR DIFERENTE ( DA SANDRA REIS - CALDEIRÃO DA BRUXA SOLAR )

RECEITA E FOTO POR:- http://www.caldeiraodabruxasolar.com/
VALE MUITO A PENA CONFERIR ESSE SITE, É ÓTIMO.

(fôrma retangular de 30 x 20 cm)


ESSA TORTA É UMA LOUCURA !
NÃO CONHECIA COUVE-FLOR "ROXA" FIQUEI ENCANTADA.
ADORO COUVE-FLOR, ELA FAZ MUITO BEM PARA A SAÚDE.
FORTALECE A PARTE IMUNOLÓGICA E TRAZ MUITOS BENEFICIOS.


Proteger dos radicais livres, já que seu pigmento, a antocianina, é um potente antioxidante; e pessoas que desejam emagrecer, pois tem baixo teor energético.

É ruim para:-
Ser usada como fonte de proteínas, porque é pobre em tais substâncias, devendo ser acompanhada com carnes ou outros alimentos de origem animal.


FICHA TÉCNICA

100 g de couve-flor roxa cozida contêm:
Calorias - 24,1
Proteínas - 1,87 g
Glicídios - 4,62 g
Fibras - 2,69 g
Vit. A - 14,5 UI
Vit. B1 - 0,062 mg
Vit. B2 - 0,064 mg
Vit. B6 - 0,201 mg
Folacina - 51,1 mcg
Niacina - 0,551 mg
Vit. C - 55,3
Cálcio - 27,4 mg
Ferro - 0,419 mg
Magnésio - 11,2 mg
Fósforo - 35,4 mg
Potássio - 323 mg
Selênio - 0,654 mcg
Sódio - 6,45 mg

A couve-flor branca não é mais a única.
Em algumas feiras livres ela já divide espaço com variedades como a de flor roxa.
Originária da Europa e da Ásia, no século XII a couve-flor (Brassica oleracea var. botrytis) era muito cultivada na Itália e no Oriente Médio, de onde se espalhou pelo mundo.
Entre as de flor branca, existem tipos que o consumidor nem é capaz de diferenciar. Mas a roxa se destaca.
Trata-se de mutação da variedade branca ocorrida no centro de pesquisa da empresa dinamarquesa Dæhnfeldt.
Hoje as sementes da empresa abastecem produtores até no Brasil.
A roxa conserva da branca o sabor delicado e a textura agradável.
Mas é ainda mais tenra, ótima para ser consumida também crua.
Na cozinha, pode ser usada no preparo dos mesmos pratos que a branca, observando apenas que cozinha em menos tempo.
As flores, depois de aferventadas ou cozidas no vapor, podem ser servidas frias com cubos de bacon fritos, nozes picadas, alho ou tomate.
Cruas, podem ser feitas com molhos picantes ou ácidos.
É ótimo acompanhamento para aves, peixes e carne vermelha.


Ingredientes:-

Massa:-

3 ovos
1/2 xícara (chá) de óleo
2 xícaras (chá) de leite integral
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) não muito cheia de fermento químico - para bolos
1 pacote de sopa tipo creme pronta (usei creme de cebola)

Recheio (opção)

1 cebola branca cortada em pétalas
1 couve flor pequena "roxa" (só os buquês) - cozinhar previamente
1 punhado de ervilhas frescas - cozinhar previamente
1 pimentão pequeno amarelo em cubinhos
1 pimentão vermelho em cubinhos
1 punhado de cogumelos Paris cortados em 4 partes
1 pedaço de 5 cm de talo de alho poró cortado em rodelas finas
1 punhado de azeitonas verdes descaroçadas picadas
1 tomate maduro e firme cortado em cubos
azeite extra virgem
sal a gosto

Preparo:-

Massa:-

Preaqueça o forno a 200 graus.
Bata todos os ingredientes no liquidificador e despeje em fôrma untada e enfarinhada.


Recheio:-

Refogue todos os vegetais (com exceção do tomate e azeitonas) no azeite, de modo a amolecerem um pouco, mas que permaneçam tenros.
Escorra o líquido que formar e disponha sobre a massa da torta crua.
Em seguida coloque o tomate com as azeitonas e regue com um fio de azeite.

Leve para assa até a superfície da massa ficar corada.

Sirva em seguida.

Nota: assim como o recheio pode variar também é possível usar outros tipos de sabores da sopa pronta na massa, como creme de queijo, aspargos, etc.

BOM APETITE ! ! !

Nenhum comentário: